As histórias, os aromas, o rendilhar dos melhores vinhos do Dão chegam a Lisboa para o Dão Capital, no último fim de semana de novembro. E o melhor é conhecer essas estórias pelos seus produtores, aqueles que todos os dias fazem a sua história, enquanto se descobre e saboreia os néctares da região vínica.

O evento leva ao Time Out Market Lisboa 32 pequenos e grandes produtores da região, que se unem para dar a conhecer o carácter e elegância dos seus vinhos e que não deixam os apreciadores indiferentes à qualidade dos tintos, brancos, rosés e espumantes que ali se produzem. E há mais: porque o Dão não se faz só de vinho, os participantes vão poder descobrir outras iguarias da região, como o Queijo da Serra da Estrela.

Para Arlindo Cunha, presidente da Comissão Vitivinícola Regional do Dão (CVR Dão), não há desculpas para não passar pelo evento: “o Dão é uma região muito especial que este ano celebra os 110 anos como Região Demarcada. Os nossos produtores dedicam-se de corpo e alma para produzir e servir vinhos de excelência e temos, sem sombra de dúvidas, alguns dos melhores produzidos em Portugal. Por isso, para os portugueses – e não só -, que apreciam um bom copo de vinho, tanto para acompanhar refeições como para momentos especiais, aconselho vivamente a passarem pelo Time Out Market Lisboa”.

Os participantes vão ainda poder participar, de forma gratuita, nas provas comentadas que acontecem nos dois dias. No dia 23, sábado, ocorrem quatro provas sob o mote “A Frescura do Encruzado”, “O Renascido Jaen”, a “Arte do Lote” e o “Dão com idade”. No dia seguinte, domingo, é a vez das provas “O Perfume da Malvasia Fina”, “A Sublime Touriga Nacional”, “Dão de Platina” e “Estórias que a Vinha Antiga Conta”.